Nós e as missões

Missões e as Crianças

Para reflectir

 A grande Comissão nunca poderá ser cumprida a menos que alcancemos as crianças

 - Aproximadamente METADE da população mundial tem menos de 18 anos

- Em todo o mundo – um terço da população tem 14 anos ou menos

- E mais de 80% nunca ouviram o Evangelho

- Estamos a falhar na área das crianças quando se trata de cumprir a Grande Comissão

 

Observe os países à volta do mundo:

 

IDADES ENTRE OS 0 E OS 14 ANOS

Filipinas

Malásia

Indonésia

Papua Nova Guiné

Paquistão

Moçambique

40%

36%

36%

42%

45%

48%

 

- Estudos revelaram que aproximadamente 85% das pessoas que se tornaram cristãs, fizeram-no entre os 4 e os 14 anos.

- Mais de um terço da população mundial, cerca de 2.3 biliões de pessoas, têm menos de 15 anos (aproximadamente metade da população mundial tem idade igual ou inferior a 18 anos).

- Muitas das crianças estão entre as pessoas mais maltratadas e esquecidas do mundo:

  - Sofrem e morrem diariamente devido a doenças que poderiam ser evitadas.

  - Sofrem de má nutrição que mata milhares.

  - Rapazes e meninas são abandonados e vivem nas ruas das cidades do mundo.     

  - Outros casos são consequência da guerra, sem abrigo e fisicamente deficientes.

  - Famílias que precisam desesperadamente de dinheiro para sobreviver também

     vendem os seus filhos para a prostituição e a escravatura.

 

- Calcula-se que, de todo o esforço das nossas missões, MENOS DE 2% é dirigido às crianças.

 

Um aviso solene

- Um dos mais sérios e inquietantes avisos que Jesus proferiu teve como alvo as crianças

Vede (tende cuidado), não desprezeis (subestimeis) algum destes pequeninos”(Mateus 18:10)

 

A palavra “desprezar” significa literalmente “pensar menos de” ou “subestimar” ou “subvalorizar” as crianças e a sua capacidade espiritual.  Quantas vezes essa é a atitude, mesmo que expressa em frases como “as crianças são demasiado pequenas para compreender” ou “elas são apenas crianças.”

 

Disseram

 

O mundo conhece o princípio de – “Dêem-me crianças até aos sete anos de idade e eu ficarei com elas para sempre”. (escolas católicas, comunismo, etc.)

 

A história de um missionário e das duas almas e meia

 

Numa pequena vila, um missionário disse a toda a gente que ia a uma vila da vizinhança falar-lhes sobre as boas novas de Jesus Cristo.

Quatro dias mais tarde, ele regressou e anunciou que duas almas e meia tinham vindo para aceitar Jesus Cristo.

“Como é que isso pode ser?” perguntaram os habitantes da vila.

“Bem,” disse o missionário, “no primeiro dia um homem de meia-idade aceitou Jesus como seu Salvador pessoal, e no dia seguinte duas crianças pequenas vieram e aceitaram Jesus.”

Os habitantes disseram: “Isso é um e mais duas metades, o que completa dois – onde está a outra metade

“Não,” disse o missionário, “reparem que o homem de meia-idade tinha já gasto metade da sua vida, e só tinha a outra metade para oferecer a Jesus, essa foi a metade. AS DUAS CRIANÇAS PEQUENAS TINHAM TODA A VIDA DIANTE DE SI – ESSAS FORAM AS DUAS ALMAS.

 

Traduzido e adaptado de Kids Link

Espaço Lusofonia



Direcção Nacional de Missões © 2018 | Workmove