No terreno

Assembleia de Deus em Viana do Castelo e Ponte da Barca

O envio de revistas Mulher Criativa, especialmente para os PALOP (Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa) e Timor Lorosae, é “uma ideia que tem vindo a ganhar  força”. Neste momento, são já seis as igrejas que se comprometeram com este projecto.

Duas delas são a Assembleia de Deus em Viana do Castelo e Assembleia de Deus em Ponte da Barca, cada uma assumindo o envio de 30 exemplares por edição, suportando os custos da revista (€ 0.80 por unidade) mais portes de correio (€ 2.98 por volume até 2 kg), no total de € 29.96.

Transcrevemos aqui um texto seleccionado a partir de uma carta enviada à redacção da Mulher Criativa por Isabel Jerónimo, responsável pelo ministério de senhoras na Igreja Assembleia de Deus em Eduardo Mondlane, na cidade de Maputo, Moçambique, que reforça a ideia de mais-valia que a revista representa para as senhoras ali, incentivando a prosseguir nesta iniciativa.

“…aqui estou de novo enviando algumas fotos da distribuição desta revista maravilhosíssima cujo alimento nela contido é de um “alto valor nutritivo”. Nós aqui em Moçambique, particularmente em Maputo, sentimo-nos muito honradas e sinceramente agraciadas por podermos usufruir de uma bênção tão grande – a oferta da revista “Mulher Criativa”. Infelizmente não é possível enviar todas as imagens das distribuições das mesmas pois nem sempre sou eu que faço directamente. Há grupos de irmãs a quem peço para oferecerem nos hospitais e em áreas de visitação quando não me é possível fazer, e nem sempre elas são portadoras de máquina fotográfica. As que estão em anexo foram distribuídas às líderes de senhoras das várias igrejas em Maputo, concretamente na Escola Bíblica enquanto eu ministrava para as esposas de Pastores e Evangelistas. Foi um momento de muita alegria quando entreguei a cada uma os 140 exemplares. Também distribui às esposas de pastores num culto em que participaram 1230 senhoras a nível da convenção. Foi uma bênção”. O texto vem assinado por Isabel Jerónimo, responsável pelo ministério de senhoras ali.

Espaço Lusofonia



Direcção Nacional de Missões © 2018 | Workmove